Construindo o sindicato de todos nós
Sindicato dos Metalúrgicos de Carlos Barbosa

Notícia

Senador cobra votação de lei que iguala salários de homens e mulheres

O senador Paulo Paim (PT-RS) cobrou nesta quinta-feira (8) a votação de projeto que garante igualdade de salários entre homens e mulheres que exerçam a mesma atividade. O PLC 130/11, do deputado Marçal Filho (PMDB-MS), estabelece multa para combater a diferença de remuneração de acordo com o gênero verificada no Brasil.

“É inaceitável que em pleno século 21 ainda ocorra esse tipo de prática. Não dá para falar só em homenagem às mulheres, mas não se vota um projeto importante como esse! Temos que mudar esse quadro no qual a mulher ganhe 30% ou 40% a menos que o homem na mesma atividade”, defendeu.

Uma pesquisa de 2017 da Catho, avaliou oito funções, de estagiários a gerentes. Em todas, as mulheres ganham menos que os homens. A maior diferença é no cargo de consultor, no qual os homens ganham 62,5% a mais do que as mulheres.

A disparidade entre os gêneros também pode ser observada na análise da renda da população. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a renda média nacional do brasileiro é de R$ 2.043, mas os homens continuam recebendo mais. Enquanto eles ganham, em média, R$ 2.251, elas recebem R$ 1.762 (diferença de R$ 489).

“As mulheres brasileiras estão nesse debate há muito tempo. Faz-se necessário, em caráter urgente, uma campanha nacional pela igualdade de salários. Deveríamos construir um entendimento para aprovar e sancionar essa matéria”, concluiu.

 

Do Portal Vermelho, com Agência Senado

+ Notícias

código captcha